sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Como planejamos nossa vida a dois

Como planejamos nossa vida a dois


Este post é continuação do Planeje seu padrão de vida. Nele, vimos como a criação de hábitos podem nos ajudar não só a economizar dinheiro, mas ter uma vida melhor. Neste post, falarei como eu e a senhora Inglês nos planejamos. Bora lá?


Antes do casamento


Eu e a senhora Inglês tínhamos um relacionamento de alguns anos quando decidimos nos casar. Após a decisão, surge o primeiro embate;

Ter cerimônia ou não?

Eu estava no time dos "juntar os trapos", enquanto ela sonhava com vestido véu e grinalda. Eu não estava muito afim de realizar esse sonho dela, confesso. Mas, por outro lado, começar a vida a dois frustrando os sonhos de um dos lados, não parecia ser legal de minha parte. E principalmente, ia contra um de meus pensamentos - A de que o casamento deve potencializar a busca de sonhos, e não o inverso...

Bom, concordei com a cerimônia com uma ressalva - O casamento seria dentro das nossas condições...  Ela topou.

A partir dai, sentamos e colocamos tudo o que ela queria no papel. O próximo passo foi obter os custos de tudo isso. Com os custos levantados e uma ideia do que teríamos, definimos as responsabilidades de cada um. Principalmente o quanto cada um teria que poupar para alcançarmos o objetivo -  Realizar um casamento sem dívidas.

Como ainda estava fresco em minha memória as aulas de gerenciamento de projetos, dividi esse evento nas seguintes partes;

  1. Moradia
  2. Mobília 
  3. Igreja
  4. Festa
  5. Viagem

Moradia


Interessante notar que segui exatamente o modelo apresentado no post anterior sem conhece-lo. Lembro que elenquei casas e apartamentos que se situassem próximos ao meu e ao trabalho da senhora Inglês.  A ideia era economizar tempo e dinheiro.

Como tínhamos um tempo considerável até o casamento, a procura pela moradia ocorreu a quatro meses antes do casamento. E o aluguel, fechamos faltando dois meses. Conseguimos um apartamento nunca usado e na localização que queríamos.

E por ironia do destino, este apartamento acabou sendo comprado por nós.

Mobília


Aqui fizemos a seguinte pergunta - O que realmente precisa ter em uma casa?

Foram anotados os seguintes itens, provavelmente não nessa ordem;

  • Geladeira
  • Fogão
  • Máquina de lavar roupas
  • TV
  • Rack
  • Sofa
  • Cama 
  • Guarda Roupa
  • Armários para cozinha
  • Mesa

Pegamos os custos desses caras ai e adicionamos na nossa planilha. As compras deles seriam feitas após a concretização do aluguel. Porém, acabei comprando a TV, cama e máquina de lavar antes. A TV coube perfeitamente em meu quarto na casa da minha mãe. Já os outros itens, como seu prazo de entrega eram longos, consegui recebe-los já no apartamento.

Já sabe por que comprei-os antes, não?  Promoções amigos, promoções...

Para itens que não conseguíamos descontos, compramos a prazo e assim o dinheiro poupado ainda rendia uns juros...

A ideia foi comprar realmente só o necessário. O legal, é que isso continua até hoje...

Igreja

Planejando seu casamento

Esse item, ficou totalmente a cargo da senhora Inglês. Ela, como sabia de nossas limitações, escolheu um local onde uniu o útil ao agradável. O local era belo e assim dispensou custos de decoração. Tivemos como custo apenas a celebração e um curso de noivos.

Festa


Aqui, acredito que o problema seja sempre referente ao número de convidados. Quanto mais, mais caro fica a brincadeira. Depois do vai e vem de contas, fechamos em 150 convidados. Optamos por uma chácara e um buffet. Se não me engano, gastamos por volta de 7~8 mil temers.

Viagem


Esse item a senhora Inglês deixou totalmente a meu cargo. Montei uma planilha com 5 destinos para nossa lua de mel. Decidi eu mesmo montar roteiro e tudo mais, pois preferi descartar o trabalho das agências de turismo.

Ao levantar os custos dos destinos, pude constatar que viajar dentro do Brasil pode ser mais caro do que fora. Hospedagem e passagem aérea colaboram muito para isso.

Porém, contrariando as expectativas, fechamos nossa viagem para o nordeste e assim adiamos nossa viagem ao exterior.  Para uma viagem de 7 dias, tivemos um custo total de 3,3 mil temers (hospedagem, passagens aéreas, aluguel de carro).



Após casamento


Seguindo a linha do The big 3 (os três grandes) explicados no post anterior, casamos já com a questão moradia resolvida, já que o apartamento fica próximo dos nossos trabalhos. Se resolvermos nos livrar do carro, algo hoje fora de cogitação, poderíamos optar pelo transporte publico aumentando um pouco o tempo do trajeto, porém, economizando uma quantia respeitável.

Bicicleta nem entra em discussão, pois a senhora Inglês não pedala. Também conta o ponto do transito, com seus motoristas e motociclistas nada amigáveis tornando o trajeto nada seguro. Além dos aclives e declives da cidade onde moro...

Como não pretendo me livrar do carro, então o jeito é tentar extrair seu máximo. Mantendo o carro em ordem, utilizando suas marchas adequadamente e principalmente dosando o pé do acelerador, você consegue aumentar a autonomia em 1 a 2 km/l. Pode parecer pouco, mas no final do mês dá uma diferença. Imagina no final do ano?

Já na parte de alimentação, definimos fazer as compras uma vez ao mês. Nenhum dos dois curte muito a ideia de ficar indo constantemente ao mercado, então optamos por isso. Estamos cogitando aumentar para duas vezes, pois assim o volume de coisas que subimos para o apartamento diminui teoricamente pela metade, mas isso ainda não passou da fase de estudos...

Também temos o hábito de deixar alimentos pré-preparados, como no exemplo do post anterior.

Para terminar, esse post ficou maior do que o planejado, deixo a questão de como os hábitos vão norteando nossas vidas. Talvez fale mais sobre isso em um próximo post...







See ya!

26 comentários:

  1. É muito importante encontrar alguém que partilhe de suas ideias e de seu estilo de vida. Vou casar e tive que mudar algumas coisas dos pensamentos financeiros de minha esposa, aquilo que está incutido na cabeça da maioria dos brasileiros. Juntos, estamos nesse mesmo caminho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fisio! grato pela visita!

      É eu tive sorte cara. Minha mulher se mostrou até mais adepta do meu estilo de vida do que imaginei. Isso ajuda muito!

      E legal que sua mulher está aceitando esse "novo mundo".

      Abraços

      Excluir
  2. Legal começar a vida a dois com todo esse planejamento! Se todos os casais fizessem isso, evitariam muita merda no pós casório! Já soube de um caso que o casamento acabou antes das parcelas da festa, deu o maior problema!
    https://tartarugapoupadora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tartaruga! grato pela visita!

      Conheço pessoas que se separaram antes de quitar a festa, triste hein!

      Valeu!

      Excluir
  3. Olá II,

    Pelo seus relatos a sua esposa se dá bem com você.
    Muito bom o seu planejamento.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy!

      Sim, ela se dá bem mesmo. E isso ajudou muito no planejamento.

      Abraços

      Excluir
  4. Passando por aqui denovo! Sempre coisa boa! Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. cara, seu passo a passo foi bem parecido com o meu.
    deu tudo certo no final e ainda sobrou dinheiro :D
    parabens pelo blog, vou acompanhar mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo! legal cara!

      obrigado e volte sempre :D

      Excluir
  6. Legal, II, é super importante planejar bem a vida a dois. Aqui temos o mesmos desafios que o seu rsrs!

    Sobre o supermercado, eu faço diferente. Sei quando são os dias de preços mais baixos em hortifrutis, por exemplo e compro semanalmente. Aproveito que ando a pé pelo bairro e quando vejo uma promoção de algo que consumimos, compro também.

    Aos poucos, também fui aprendendo quais são os locais que vendem um tipo de produto mais barato e aproveito os deslocamentos naturais que temos para comprar uma quantidade grande do produto.

    Por exemplo, quando vou na casa da minha mãe, tem um supermercado do lado que vende queijos bem baratos. Como consumimos muito, já compro uma batelada quando vou lá e congelo tudo.

    Abraços e sucesso na vida a dois!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André! e que desafios não? rsrs

      Quanto a hortifrutis, fazemos isso também. Geralmente compramos semanalmente.

      Já essa sua estratégia é bem interessante. Estou pensando em aumentar nossas visitas ao supermercado para aproveitar melhor os preços

      Abraços e obrigado!

      Excluir
  7. Gostei muito do post, também tenho uma convivência ótima com a Sra. Mascada.. um apoiando o outro e ambos pensando em objetivos em comum. Acho que a superação das adversidades ainda tem o ponto positivo de unir ainda mais o casal.

    Abraços, até logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal que curtiu DM! precisa ser assim cara, se um não apoiar o outro, a chance de dar errado é grande...

      Também vejo como positivo a superação de adversidades.

      Abraços! até mais!

      Excluir
  8. Que bom que você tem ótima convivência com sua esposa, sobre o casamento (cerimonia), dos males o menor, conseguiu reduzir o impacto $$$ do casamento, se todo mundo fosse racional assim já entraria bem no casamento !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Stifler, se todos fossem racionais, o inicio do casamento seria mais fácil

      Valeu!

      Excluir
  9. Fala Inglês!

    Acho que sou o único homem que recomenda casamento pra todo mundo porém o mais difícil é mesmo achar alguém que seja mais que companheira, que seja cúmplice. Feito isso são 2 forças por um só objetivo, é um poder incrível.

    "você consegue aumentar a autonomia em 1 a 2 km/l" - sempre frequentei fóruns automotivos e sempre fui taxado de mentiroso porque TODOS meus carros sempre possuíram consumo maior que a média justamente por ser "delicado" com o modo de dirigir. Hoje faço perto de 50km/L com minha moto 125cc e 12km/L com meu 2.0 automático, gasolina e mais de 20 anos de uso. Outro dia aluguei um Mobi e consegui 18km/L com álcool na estrada. Existe até gente que busca obter recordes de consumo (pesquise supermileage).

    Sobre o mercado vou toda semana, no máximo a cada 10 dias justamente pra não ter que usar o carrinho de compras do prédio, comprar aquilo que se tem vontade naquela semana e manter frutas frescas (consumimos bastante). Além disso vou a cada 3 ou 4 meses no Makro onde compro produtos de limpeza e higiene (economia impressionante, post no futuro, rsrs).

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Corey!

      É você é um dos poucos mesmo rs

      Comecei a ser mais "delicado" dirigindo depois que comprei o sedan. Com ele conseguia médias de 11 a 12 na cidade. Pena ter vendido esse carro. Agora com meu hatch, estou mantendo uma média de 12 na cidade com gasolina. Acredito que se eu andar "mais de boa" melhore esse número ai.

      18km/l com álcool é surreal! parabéns hein! Ah e Anotado! vou pesquisar supermileage

      Quanto ao mercado, estou trabalhando com a sr Inglês para aumentar nossa idas. Além de diminuir nosso esforço em ficar carregando várias sacolas, também dá para economizar usando essa estratégia. Vou convence-la.


      Abraço!

      Excluir
  10. Parabéns Investidor Inglês,
    estou vendo com a minha noiva sobre o casamento. Mesma coisa, ela quer casamento na Igreja.
    Mulher tem dessas coisas né? rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Sem noção!

      É cara, tem rs É o sonho delas!

      Excluir
  11. Fundamental ter uma parceira que compartilhe seus objetivos. Felizmente também não tenho do que reclamar do meu casamento. Dois juntos fazem mais e melhor que um sozinho nesse caso. :)

    Abraços,

    IOTR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala On the run!

      Legal cara! "Dois juntos fazem mais e melhor que um sozinho nesse caso" perfeito isso!

      Abraços!

      Excluir
  12. Que legal a sintonia de vocês!
    É muito bom quando você encontra alguém que partilha dos meus sonhos que você e, mais importante, perceber antes de casar, porque o mais comum é as pessoas descobrirem essas "diferenças" só após o casamento e aí não tem jeito... não adianta você querer montar uma vida a dois quando não há cumplicidade.
    Eu não sei como vocês conseguem ir somente uma vez ao mercado, ahaha. Aqui em casa a coisa é bem desorganizada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Ryca!

      Estou tentando convencer a sra Inglês a adotar mais idas. Mas ela está resistente rs

      Excluir